Câmara aprova por unanimidade projeto de concessão de títulos de cidadãos Inhapienses a Padre e Pastor da Assembleia de Deus.

Decreto Legislativo teve como autora a vereadora Naelia Carvalho (PSB), popular “Niquinha”.

A Câmara de Inhapi aprovou por unanimidade na noite desta sexta-feira (15), o Projeto de Decreto Legislativo de autoria da vereadora Naelia Carvalho (PSB), popular “Niquinha” concedendo os títulos de cidadãos honorários ao Padre Henaldo Chagas e ao Pastor da Assembleia de Deus Francisco Cosme de Araújo.

O Título de Cidadão Inhapiense é a maior honraria concedida pelo Parlamento Municipal concedida a pessoa não natural do município de Inhapi, mas que tenham prestado relevantes serviços ao município e sua gente. Exatamente como fazem jus ambos os homenageados conforme as justificativas apresentadas no referido Decreto Legislativo, a começar pelo Padre Henaldo Chagas que chegou a Inhapi na década de 90 como pároco local prestando muitos serviços ao município, reconstruindo e restaurando várias comunidades, onde capela para o encontro de munícipes foram reabertas para trabalho na fé e assistência social desenvolvidas pelo reverendíssimo.

Já o Pastor Francisco Cosme de Araújo da Assembleia de Deus, chegou há Inhapi alguns anos depois em 2002 também prestando serviços ao povo, reconstruindo e restaurando várias comunidades, onde hoje com 08 Templos da Assembleia de Deus espalhados pelo município, notoriamente é um homem de espírito e muita fé voltada para os anseios de servir ao senhor e que nunca mede esforços para melhorar as condições espirituais e sociais dos munícipes.